Arquivo de tag bovino

porEquipe WebRural

Chile reconhece MS como área livre de aftosa e amplia mercado de exportação de carne

Chile reconhece MS como área livre de aftosa e amplia mercado de exportação de carne | Jornal Midiamax

Chile volta a comprar nossa carne bovina e amplia mercado de exportação
A decisão chilena foi publicada oficialmente no dia 19 de dezembro

O Estado de Mato Grosso do Sul ganha mais um País para ampliar seu leque de vendas de carne bovina produzida aqui. O Chile confirmou através de uma resolução que vai comprar a carne bovina produzida em qualquer região sul-mato-grossense, sem nenhum tipo de restrição.

Além do Mato Grosso do Sul, o estado do Tocantins também foi reconhecido pelo governo chileno.

O secretário da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, comenta que o Chile representa 17% das vendas externas de carne bovina e que o reconhecimento deve beneficiar as exportações. O Chile está entre os 10 principais destinos das exportações de Mato Grosso do Sul, ocupando o 6º lugar no acumulado de janeiro a novembro deste ano.

Saiba mais em: www.midiamax.com.br/cotidiano/economia/2018/chile-reconhece-ms-como-area-livre-de-aftosa-e-amplia-mercado-de-exportacao-de-carne/

porEquipe WebRural

Exportação de animais vivos cresce 80% e chega a 750 mil cabeças

Exportação de animais vivos cresce 80% e chega a 750 mil cabeças – Canal Rural

Volume é recorde e reflete a abertura de novos mercados; entidade do setor projeta embarcar 1 milhão de animais em 2019

As exportações brasileiras de animais vivos devem somar 750 mil cabeças em 2018. Confirmado esse desempenho, o faturamento será de US$ 700 milhões. Em número de animais, as vendas serão 80% maiores que as registradas em 2017. “O bom resultado reflete a abertura de novos mercados”, explica Ricardo Barbosa, presidente da Associação Brasileira de Exportadores de Animais Vivos (Abreav).

Atualmente, a maior parte das exportações brasileiras segue para Turquia, Egito, Líbano, Jordânia e Iraque. Desde 2015 o Brasil é o quarto maior exportador do setor, junto com a Austrália, México, União Europeia, respectivamente primeiro, segundo e terceiro maiores exportadores. Logo após o Brasil, vem o Uruguai, na quinta posição no ranking.

O Brasil tem longa tradição na exportação de animais vivos e comercializa gado em pé há mais de 60 anos, mas recentemente uma polêmica em torno do bem-estar dos animais durante as viagens para fora do país vem movimentando o setor.

Saiba mais em: canalrural.uol.com.br/logistica/exportacao-de-animais-vivos-cresce-80-e-chega-a-750-mil-cabecas/

porEquipe WebRural

Brasil tem exportação recorde de gado vivo de janeiro a outubro

Brasil tem exportação recorde de gado vivo de janeiro a outubro

O Brasil exportou 693.713 bovinos vivos de janeiro a outubro deste ano, aumento de mais de 70% em relação aos mesmos 10 meses de 2017, quando vendeu 400.660 cabeças para o mercado externo. O volume de animais embarcados no acumulado de 2018, até outubro, é recorde para o período da série histórica, iniciada em 2002, segundo a Associação Brasileira de Exportadores de Animais Vivos (Abreav). A entidade projeta que o país fechará o ano com exportações de 750 mil cabeças de gado vivo, desempenho igualmente inédito nos últimos anos.

Saiba mais em: agroemdia.com.br/2018/11/21/brasil-tem-exportacao-recorde-de-gado-vivo-de-janeiro-a-outubro/

Translate »

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0